Postagens

Trabalho 1º ano Integral Colégio Master 2015

Imagem
Orientações sobre o trabalho de pesquisa e produção de um mapa mental com temas relacionados ao mercantilismo / colonização.

A Crise de 29 (Documentário)

Imagem

Quem foi Simon Bolivar e esse tal de "bolivarianismo"

Imagem
América Independente:
Simón Bolívar foi personagem principal fonte: Uol Educação, por Túlio Vilela
"Libertadores da América"! Quando ouve essa expressão, a maioria dos brasileiros logo pensa na taça disputada todos os anos por times de futebol do Brasil e de outros países da América do Sul. O que, talvez, muitos não saibam é que o nome da taça é uma homenagem aos líderes dos movimentos de independência nos países da América. Dentre esses líderes, o que mais merece o título de "Libertador" talvez seja Simón Bolívar, que lutou para vários territórios do continente americano deixarem de ser colônias da Espanha e se tornarem independentes. Esses territórios deram origem à Venezuela, à Colômbia, ao Equador, ao Peru e à Bolívia. Não bastasse tudo isso, Bolívar reunia qualidades que o tornavam mais admirável que as figuras-chave dos processos de independência de outros países do continente americano. Por exemplo, enquanto George Washington, um dos líderes da independênci…

Mídia e Golpe: Editoriais de apoio ao Golpe de 1964

Imagem
Estadão, Globo, Folha e outros jornais clamaram pelo golpe, aplaudiram a instalação da ditadura militar e elogiaram a sua violência contra os democratas.
Por Altamiro Borges na Carta Maior
Este 1º de abril marca os 51 anos do fatídico golpe civil-militar de 1964. Na época, o imperialismo estadunidense, os latifundiários e parte da burguesia nativa derrubaram o governo democraticamente eleito de João Goulart. Naquela época, a imprensa teve papel destacado nos preparativos do golpe. Na sequência, muitos jornalões continuaram apoiando a ditadura, as suas torturas e assassinatos. Outros engoliram o seu próprio veneno, sofrendo censura e perseguições.
Nesta triste data da história brasileira, vale à pena recordar os editoriais dos jornais burgueses – que clamaram pelo golpe, aplaudiram a instalação da ditadura militar e elogiaram a sua violência contra os democratas. No passado, os militares foram acionados para defender os saqueadores da nação. Hoje, esse papel é desempenhado pela mídia priv…

O Dia Internacional das Mulheres

Imagem
Mais do que flores e elogios, o dia internacional das mulheres nasceu da luta por igualdade e respeito. Um dia para recordar as conquistas e para afirmar que ainda há muito a ser feito.


O primeiro Dia Nacional da Mulher foi celebrado em maio de 1908 nos Estados Unidos, quando cerca de 1500 mulheres aderiram a uma manifestação em prol da igualdade econômica e política no país. No ano seguinte, o Partido Socialista dos EUA oficializou a data como sendo 28 de fevereiro, com um protesto que reuniu mais de 3 mil pessoas no centro de Nova York e culminou, em novembro de 1909, em uma longa greve têxtil que fechou quase 500 fábricas americanas.
Em 1910, durante a II Conferência Internacional de Mulheres Socialistas na Dinamarca, uma resolução para a criação de uma data anual para a celebração dos direitos da mulher foi aprovada por mais de cem representantes de 17 países. O objetivo era honrar as lutas femininas e, assim, obter suporte para instituir o sufrágio universal em diversas nações.

Discurso de Marco Antônio após a morte de Júlio Cesar

Imagem
Após o assassinato de Julio César (15 de Março de 44 a.c.), realizado pelos seus opositores conservadores no senado uma multidão se concentrou à frente da casa do governo. Inquietos, agitados o povo sem saber muito o que sentir, estavam aglomerado junto aos membros da elite. Brutos, representando os conservadores tratou de discursar contra César tentando macular a história do homem. O corpo de césar ainda estava caído ao chão. Marco Antônio ao ouvir tais palavras resolveu se dirigir à multidão. O belo e provocativo discurso não estava nos planos futuros dos senadores e muito menos a agitação que se seguiu desencadeando uma nova guerra contra os senadores. (Prof. Efrain)



Amigos, romanos, cidadãos dêm-me seus ouvidos. Vim para enterrar César, não para louvá-lo. O bem que se faz é enterrado com os nossos ossos, que seja assim com César.

O nobre Brutus disse a vocês que César era ambicioso. E se é verdade que era, a falta era muito grave, e César pagou por ela com a vida, aqui, pelas m…