Nem Globo, Nem Dunga.

A campanha um dia sem globo (#diasemglobo) que rola na net e teve inicio pelo twitter a favor do Dunga tem profundas tendências maniqueístas.


Dunga o bom moço e Globo a malvada? Discordo. Não dá segunda afirmação, mas da primeira.

Meu amigo Raphael (professor) já alertou: “O Dunga fica tentando provar pra todo mundo que não tem que provar nada pra ninguém!”. Atira contra tudo e contra todos. 

Se a globo é parte do PiG* e fez muito a favor da ditadura, o que no Dunga é oposição? O que ele representa de diferente? 

Então a postura correta contra aquilo que consideramos como errado é a ignorância, agressividade, falta de postura e xingamentos?


Isso é uma cilada, Bino! E, me desculpe, essa cilada não me atrai! Obrigado.

Torço pela vitória da “seleção da CBF” (o seleção não é do Brasil. Ou nós ajudamos a escolher? Votamos para presidente da entidade privada e o técnico?), mas não enxergo o Brasil representado por ela e sim, uma parte do futebol brasileiro.

A luta entre “Globo e Dunga” é mais um factóide. Não que o choque entre eles não exista! É um ditador lutando contra outra ditadura!

Nessa luta entre “bem x mal” que acabam sendo propagandeadas como uma bandeira de luta contra esse ou aquele, não serve como choque de realidade. É mais uma ilusão.

A realidade é que os dois não representam aquilo que nós precisamos: uma bela partida de futebol em um meio de comunicação democrático.

Postagens mais visitadas