Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

ENEM: Conteúdos mais cobrados entre 2009 e 2011

Raio-X do Enem: confira os conteúdos mais cobrados

Levantamento exclusivo analisa as 540 questões das provas realizadas entre 2009 e 2011 e mostra quais disciplinas aparecem mais no exame federal.

Por Nathalia Goulart


Clique nas abas para escolher a área do Enem. Em seguida, passe o mouse sobre as barras para conferir o número de ocorrências do conteúdo na prova entre 2009 e 2011 *Colaboraram: Glenn van Amson e Eduardo Lopes, do Anglo Vestibulares; Elias Feitosa e André Guibur, do Cursinho da Poli; Ângela Dauch, Anderson Dino e Mônica Nunes do Oficina do Estudante.

O embate entre Mikhail Bakunin e Karl Marx

Imagem
Pedro Corrêa do Lago em Questões Manuscritas - Revista Piaui



Mikhail Bakunin é ainda lembrado hoje como mais famoso teórico do anarquismo. Sua influência, considerável em vida, ampliou-se muito após sua morte. Mas nada do seu passado predispunha Bakunin a uma vida de revolucionário, em constantes exílios impostos ou auto-impostos pela Europa e pelos Estados Unidos. De fato, Bakunin nasceu numa família rica e poderia ter seguido um destino privilegiado, não fosse sua inquietação intelectual e as circunstâncias aterradoras de sua Rússia natal. Desde a juventude, Bakunin engajou-se progressivamente nas causas revolucionárias, compartilhando com outros grandes líderes muitas idéias e tantas outras divergências. A carta publicada nesta página é das mais curiosas do líder anarquista que chegaram até nós. É dirigida aos redatores do jornal de Genebra, que havia publicado um artigo contra o qual Bakunin protesta, apesar de frisar que: “Não faz parte dos meus hábitos o de responder às injúrias e…

Os Idiomas, o tempo e o Mundo

Os idiomas internacionais As línguas que um viajante no tempo precisa saberClaudia de Castro Lima no Guia do Estudante As palavras acompanham impérios em suas conquistas, divulgam idéias que influenciam multidões e anunciam as mercadorias que todo mundo compra. Por isso, a história dos idiomas usados entre os povos para se comunicarem conta, além da influéncia dos grandes impérios da humanidade, a trajetória de identidades culturais milenares.

Código Florestal e vestibular

Imagem
Como o novo Código Florestal pode cair no vestibular (ele provavelmente será cobrado!)
Ana Prado no Guia do Estudante
O novo Código Florestal é um assunto com enormes chances de cair no vestibular. Não precisa nem ser um grande seguidor do noticiário (mas a gente espera que você acompanhe, se vai prestar vestibular) para ter ouvido falar nele – o tema ganhou também as redes sociais com a campanha “Veta, Dilma”. “Esse é um tema que, de forma ou de outra, vai cair no vestibular”, acredita Samuel Robes Loureiro, professor de Atualidades do Cursinho do XI. Se você ainda não entendeu exatamente o que está acontecendo, esta é a sua chance. Então, é o seguinte. O Código Florestal foi criado em 1965 (durante a ditadura militar) para regulamentar a exploração da terra no Brasil por meio de leis que estabelecem limites para preservar a vegetação nativa.

Na contramão da História

Imagem
Do Site Carta Capital Leitor da seção “O Globo há cinquenta anos”, recomendo  sua leitura por alunos e professores em sala de aula. Ali, quase diariamente, encontra-se um repositório notável do atraso de  nossa vida republicana, o que nos possibilita conhecer o papel de nossa imprensa corporativa como eficiente correia de transmissão da ideologia da  Guerra Fria (importando um embate que não nos dizia respeito e trazendo para cá a visão estadunidense), invariavelmente de costas para os interesses nacionais, avessa aos interesses populares e sempre atenta aos  negócios do grande capital, principalmente o capital internacional. os grandes jornais sempre se opuseram ao nacional e ao popular, e assim combateram a campanha do “Petróleo é nosso” e ainda hoje rejeitam a Petrobrás. Foto: José Vieira Trovão / Ag. Petrobras Escrevo “nossa imprensa” de forma proposital, pois O Globo não era, não foi e não é uma exceção nesse servilismo aos interesses antinacionais e, sobretudo, contrários ao de…

O Rádio do Padre

Imagem
Fonte: Revista de História

Ordenado padre aos 27 anos, o gaúcho Roberto Landell de Moura (1861-1928) entraria para a história mundial – ou quase isso.

Membro da Ordem dos Jesuítas e aficionado por ciência, o padre começou a fazer experiências que envolviam a transmissão de voz sem a utilização de fios.

Em 1900, o sacerdote fez uma demonstração de seu novo invento em São Paulo, transmitindo sua fala de um ponto na Avenida Paulista para o Alto de Santana, a oito quilômetros de distância. Em vez de receber os louros por sua façanha, o pobre homem foi atacado pela imprensa, chamado de impostor, bruxo e até de louco.

Desiludido, decidiu dedicar-se inteiramente ao sacerdócio, abandonando seus experimentos. O título de inventor do rádio acabaria indo para o italiano Guglielmo Marconi.


A história do Brasil logo após a independência

Imagem
Após 21 meses de guerra, dom Pedro I garantiu a unidade do território. Até na moda, se valorizava a identidade do país. O brasileiro descobriu o duplo emprego e a primeira Constituição lhe garantiu a liberdade de culto e de imprensa.

Por Tiago Cordeiro ((Clique aqui))

Mais antigos calendários Maias descartam fim do mundo em 2012

Uma equipe de arqueólogos descobriu os calendários astronômicos maias mais antigos de que se tem notícia e que descartam o fim do mundo em 2012, revelou um estudo publicado nesta quinta-feira nos Estados Unidos.A descoberta se deu durante as escavações em uma casa, no sítio de Xultún, na Guatemala e, contrariando a crença popular, não dá qualquer indício de que o fim do mundo ocorrerá este ano, afirmou o arqueólogo William Saturno, da Universidade de Boston, que chefiou a expedição e a escavação."Os antigos maias previram que o mundo continuará e que em 7.000 anos as coisas serão exatamente como eram então", acrescentou Saturno.Leia: Mais antigos calendários maias descartam fim do mundo em 2012 - Tecnologia e Ciencia - R7

Como surgiu a literatura de cordel

Imagem
A literatura de cordel tem origem na Idade Média, mas muitas inovações brasileiras ajudaram a dar cara própria a esse patrimônio único

Érica Georgino | 01/03/2011 10h42 De tanto ouvir Roberto Carlos mandar tudo para o inferno, nos versos da canção que dominava as rádios no fim dos anos 1960, o poeta Enéias Tavares dos Santos decidiu que o "rei" havia feito por merecer uma resposta - e do tinhoso em pessoa. Escreveu então o folheto de cordel Carta de Satanás a Roberto Carlos, em que o diabo se dirigia queixoso ao cantor, diretamente da "corte das trevas".

Confira como surgiu a literatura de cordel http://t.co/RdeF9dPR -- AventurasHistória (@AvHistoria)

Plástico no Pacífico aumentou 100 vezes em 40 anos

Imagem

Eleições Gregas

Após votar maciçamente contra os partidos responsáveis pelo socorro financeiro do Fundo Monetário Internacional (FMI) e da União Europeia (UE) no domingo, os gregos dizem estar preparados para fazer tudo de novo, caso seja preciso repetir a eleição no mês que vem, como parece praticamente certo.Os dois partidos que dominaram a Grécia durante décadas e negociaram um pacote de socorro de 130 bilhões de euros receberam apenas 32% dos votos na eleição de domingo; o restante dos gregos optou por partidos marginais que se opõem ao socorro.Os políticos praticamente não mostram sinais de serem capazes de formar juntos um governo, o que significa que uma nova eleição deverá ocorrer em três ou quatro semanas.A confusão política tem alimentado especulações de que a Grécia será expulsa da moeda única da Europa, embora as pesquisas mostrem que os gregos querem manter o euro.leia mais: http://m.terra.com.br/noticia?n=5763946&a=home&s=1&c=ultimasportadabr&e=especiais_capa_br

Dicas de livro para estudar história

Cansado de estudar história com as mesmas apostilas? Confira 20 dicas de livros para estudar e gabaritar no vestibular http://t.co/Th8zNguX -- Guia do Estudante (@guiadoestudante)

Renascimento, Monarquias Nacionais, Reforma Religiosa, Absolutismo e Mercantilismo

De Goulart para o papa!

Na coroação do papa Paulo VI, o presidente Goulart enviou um presente ao pontífice. A prenda escondia uma surpresa http://t.co/tYQ06KqR -- Revista de História (@RHBN)

E, o fim do mundo?