Tamanho de manifestação não é Documento

(pequena reflexão)

Sim, me preocupa – por menor que tenha sido – a chamada “marcha pela família”. Me preocupa pelo sentido que ela tem e pelos objetivos que propõem. Já estive em manifestações com pouquíssimas pessoas para reivindicar! E nem por isso deixei de acreditar na legitimidade daquilo que estava fazendo. Poderiam me questionar: Mas era legitimo de fato? Sim, eu e o pequeno grupo que exigia acreditávamos que sim! Eis o ponto. É assombroso que os tais “manifestantes” continuem a contribuir com a volta de tudo que é mais temido pela humanidade: os regimes totalitários fascistas! É compreensível ser oposição a um governo e discordar de suas ideias. Mas é aterrorizante quando dão as mãos à inquisição e a Hitler. Não dessa forma! Não é assim que se luta por um país e muito menos pelo seu povo!

Efrain Cucco

Postagens mais visitadas